Para refletir sobre os últimos anos da política no Brasil

A Presidenta Dilma: Mãe ou Madrasta má?

Primeiramente, eu votei no Temer, porque votei na Dilma, se ele hoje é o presidente foi porque eu a maioria dos brasileiros nas últimas eleições presidenciais votamos em Dilma Roussef, ele era o vice, eu sabia disso e também que se caso ela morresse ou fosse deposta do cargo por um impeachment, o vice assumiria a presidência.Confesso que nunca simpatizei com Michel Temer , que achava que essa aliança do PT com o PMDB podia dar merda.

Segundo, achava que o governo Lula havia sido o melhor governo dos últimos anos, levando em consideração os governos que eu vi no meu curto tempo de vida e desde quando comecei a votar…Agora, sinceramente estou desconfiando que talvez eu, assim como a maioria dos brasileiros possa ter sido iludida…enfim, leiam o texto a seguir e tirem suas próprias conclusões:

A ERA PT

O pobre não entrava na faculdade. O que o PT fez? Investiu na Educação?

Não, tornou a prova mais fácil

Mesmo assim, os negros continuaram a não conseguir entrar na faculdade.

O que o PT fez? Melhorou a qualidade do ensino médio?

Não, destinou 30% das vagas nas universidades públicas aos negros que entram sem fazer as provas. Querendo dizer que eles não tem capacidade.

O analfabetismo era grande.

O que o PT fez? Incentivou a leitura?

Não, passou a considerar como alfabetizado quem sabe escrever o próprio nome.

A pobreza era grande.

O que o PT fez? Investiu em empregos e incentivos à produção e ao empreendedorismo?

Não. Baixou a linha da pobreza e passou a considerar classe média quem ganha R$300,00.

O desemprego era pleno.

O que o PT fez? Deu emprego?

Não. Passou a considerar como empregado quem recebe o bolsa família ou não procura emprego.

A saúde estava muito ruim.

O que o PT fez? Investiu em hospitais e em infraestrutura de saúde, criou mais cursos na área de medicina?

Não. Importou um monte de cubanos que sequer fizeram a prova para comprovar sua eficiência e que aparentemente nem médicos são. (Um já foi identificado como capitão do exército cubano)

Alguém ainda duvida que esse governo foi uma tremenda mentira?

Texto de João Alves

Anúncios

Feliz Dia da Mulher! 8 MARÇO DE 2017

Um Feliz dia da mulher para…
1 AS “Belas, Recatadas e do Lar” que suportam as críticas e as pedradas jogadas por aquelas que invejam a vida de vocês;
2 As feministas comunistas/socialistas, que mesmo sendo tão agressivas quanto os homens e chamando de machista e se enfurecendo com qualquer uma que não concorde 100% com o que dizem, tem realmente uma boa intenção.
3 As avós que criam os filhos das “mães solteiras” , desquitadas, separadas , depreciadas, desprezadas, etc…que costumam bater no peito com orgulho dizendo “crio meu filho sozinha” ou “sou pai e mãe” , omitindo a ajuda das senhoras. Elas são as mais lembradas, parabenizadas e festejadas nesse dia e no dia das mães e isso é lindo mas, ninguém lembra de quem as ajudou… Mesmo que as filhas mal agradecidas e também as netas que repetirão o mesmo que fazem/fizeram as mães não reconheçam o esforço das senhoras, acreditem, vocês são GRANDES MULHERES.
4 As mães de homossexuais, bissexuais, transgêneros, etc… e também deficientes físicos e/ou mental. Vocês são heroínas, são as mães daqueles que nenhuma mulher gostaria de ter como filhos, que ninguém gostaria de ter colocado no mundo ou vir a colocar. A luta de vocês é árdua e todos reconhecem, mas ninguém pode aliviar. Vocês tem que fazer o trabalho mais difícil para uma mãe: criar filhos para um mundo que não os quer.
5 As mães dos viciados em drogas que não mimam e nem passam a mão na cabeça, que tratam com o rigor necessário. O mundo de gente hipócrita as condena quando as senhoras internam os filhos, amarram, espancam ou expulsam de casa…condenam por não aceitarem ver um filho se matando e prejudicando os outros ao seu redor. Siga firme, jamais se culpe pelo filho ser assim porque VOCÊ SABE QUE isso foi escolha dele e não bobagens como “predisposição a dependência química” , “sociedade injusta” , “mal educação dos pais” , “carma de vidas passadas” , “encosto” , “macumba” , “possessão por exu caveira” , “influência de Satanás”..uma infinidade de bobagens. Continue firme! Se seu filho um dia conseguir se livrar do vício, você sentirá que a sua guerra foi vencida…mas se caso isso não ocorrer saiba que cumpriu o seu papel de mãe.
5 As PUTAS , aquelas que não tem “mimimi” de serem chamadas assim ou de “periguete” , “piranha” , etc…As que gostam de ostentar sua beleza no dia a dia com roupas sexy, nas redes sociais com fotos sensuais. Aquelas que não se importam com os homens “assediando” na rua e em todos os lugares. Aquelas que usam sua beleza e simpatia para a sua sobrevivência ou para melhorar de vida. Vocês são rotuladas com nomes ridículos como “Maria chuteira” e outros, dependendo do campo de ação. Às mulheres às invejam, os homens as desejam e os gays as imitam e copiam às vezes em cópias bem fiéis…enfim vocês sabem que infelizmente nunca terão uma amiga ou amigo gay realmente fiel em quem possa confiar, mas mesmo assim seguem de cabeça erguida. Mesmo de um jeito pouco ortodoxo vocês, quando resolvem ser mãe, sempre fazem por onde dar um futuro melhor para os filhos.
6 e finalmente à Vocês, mulheres inteligentes! Vocês que sabem que mulher não conquistou porra nenhuma, os homens decidiram obrigar a gente a trabalhar fora de casa quando mandaram os peões para a guerra, depois “eles” decidiram que nós deveríamos começar a votar porque era claro que seríamos a maioria da população e a população mais produtiva. Você que sabe que somos nós quem criamos os homens machistas e também todos os outros tipos pois somos nós que educamos desde o berço até a escola e a mão que balança o berço é a mão que rege o mundo. Vocês sabem que se não fosse uma mulher lá no tempo das cavernas se cansar de caçar e criar os filhotes sozinha, sendo vítima de machos que a violavam e matavam seus filhotes ter usado a inteligência e ter proposto a um macho alfa um consórcio onde ela serviria a ele a companhia, fidelidade absoluta (copular apenas com ele), continuação da sua vida pela descendência, em troca de proteção e de que ele fizesse o “serviço pesado externo” , (tendo que fazer desenhos na parede da caverna para que ele entendesse) e tivesse conseguido o milagre de convencer o animal bruto de que era um excelente negócio (e tudo isso pensando no bem estar futuro dos seus filhotes) foi o que deu origem à uma coisa chamada “família” que foi o que deu origem a “sociedade” e até hoje segue sendo a sua base. Nós inventamos o machismo, as guerras, a prostituição, a penitência e também as ciências, a caridade, o amor e o perdão. O homem saiu e ainda sai do ventre de uma mulher e também é criado, educado pela mulher. A gente o molda da maneira que quisermos, infelizmente a maioria não é inteligente e molda mal.
Enfim, vocês sabem que tudo começou, continua e vai continuar por nós e pela nossa regência. E tudo o que fazemos de bom, é feito para garantir uma vida melhor para os nossos filhos e netos como tudo o que faz todos os tipos de mulheres citadas aqui. Vamos nos aceitar e respeitar umas às outras mesmo com nossas diferenças.
O mundo é nosso a gente não sentou no trono ainda porque queremos deixar os nossos FILHOS, OS HOMENS serem humanos, no momento que vermos que não vão mesmo deixar de serem animais a gente senta e assume de uma vez. Enquanto isso a gente vai escolhendo a roupa e a maquiagem para esse momento especial rsrsrs…

O QUE REALMENTE ACONTECEU NO OSCAR 2017

O Oscar 2017 foi um grande “conserto” da polêmica do “Oscar so White”, o “Oscar Branco” do ano passado, onde houveram muitos protestos pela falta de negros entre os indicados. Para “consertar” o “erro” do ano anterior indicaram e premiaram o maior número de artistas e realizadores negros possível.

Porém, os brancos resolveram protestar contra isso e eis o que aconteceu:

No momento de anunciar o vencedor do prêmio de Melhor Filme, Faye Dunaway e Warren Beatty que já sabiam, ali pelos bastidores quem era o vencedor, se recusaram a anunciar o mesmo e Faye anunciou o nome do filme que toda a comunidade da indústria cinematográfica julgava ser o merecedor do prêmio, o musical La La Land.

HOLLYWOOD, CA – FEBRUARY 26: Actors Faye Dunaway (L) and Warren Beatty speak onstage during the 89th Annual Academy Awards at Hollywood & Highland Center on February 26, 2017 in Hollywood, California. (Photo by Kevin Winter/Getty Images)

É claro que a produção que sabia exatamente quem era o vencedor entrou em pânico e mandaram o pobre do apresentador correr e tentar “consertar” a coisa de uma forma cômica, só que o próprio também estava tão surpreso que não soube como agir.

O produtor de La La Land ao ver o desespero da produção, desconfiou e revelou tudo. O nome do ganhador estava ali no envelope nas mãos de Warren todo o tempo, o produtor mostrou a toda a platéia, mas mesmo assim, o apresentador chegou cobrindo com panos quentes e chamou Warren para se justificar e o veterano deu a desculpa mais esfarrapada que a pessoa que falou no ponto eletrônico no ouvido dele conseguiu inventar.

Enfim, cagadas consertadas gerando mais cagadas que tiveram que ser consertadas…e às pressas, milhões foram pagos para a séria empresa de auditoria confirmar a desculpa esfarrapada.

Enfim, todos os indicados eram bons filmes e merecedores do prêmio, não foi uma grande injustiça Moonlight ganhar. Assim como Spotlight, o vencedor do ano passado, esse filme muito em breve será esquecido pelo grande público e entrará para a caixa de mais um filme sobre negros, racismo e homossexualidade ganhador do Oscar.

O grande beneficiado com toda essa confusão é sem dúvida La La Land, além de para a comunidade da indústria cinematográfica ser considerado o Melhor filme, pela tradição de que o filme que ganha os principais prêmios no Globo de Ouro e os prêmios das categorias músicas, fotografia, Melhor Atriz (protagonista) e direção sempre é o “melhor filme do ano” ; a quantidade de gracinhas feitas na internet pelos haters do filme e as homenagens feitas pelos admiradores, faz com que La La Land entre para a história e seja lembrado por muitos e muitos anos.

A INJUSTA MORTE DO GORILA HARAMBE

alx_mundo-gorila-cincinati-estados-unidos-20160529-01_original

Era uma vez um Gorila chamado Harambe

Ele nasceu no zoológico de Gladys Porter, no Estado norte-americano do Texas, e o levaram para viver no Zoológico de Cincinnati em 2014. Os gorilas das planícies ocidentais são uma espécie ameaçada e o zoológico esperava utilizar Harambe para reprodução.

Harambe vivia feliz com duas fêmeas e havia completado 17 anos no último dia 27 de Maio.

Harambe-the-gorilla-main

A FATALIDADE

mae do menino que matou harambe

No sábado passado uma mulher obesa que foi com os seus filhos e seu marido passear no Zoológico levantou o seu filho caçula Isaías, de 3 anos, acima do muro que cercava a área dos gorilas para que o menino pudesse enxergar os gorilas, ela não conseguiu segurar por muito tempo com seus braços excessivamente gordos e sentou-o ali, o menino então, caiu na grade, dali escorreu pela vegetação e terminou indo parar no lago dos gorilas. As fêmeas estavam em uma parte mais alta, já Harambe que estava embaixo foi até o garoto.

Harambe

Harambe o levantou da água aonde ele podia ter se afogado, como um primata inteligente ele reconheceu que se tratava de um filhote das criaturas que o mantinham cativo, observou bem a criatura, tentou estabelecer alguma comunicação e chegou a colocar a criatura de pé para que ela se locomovesse e saísse dali, mas ele notou que muitos humanos se aglomeravam em torno dos muros e como chimpanzés, eles faziam muito barulho.

34BF5B5D00000578-3615099-image-m-91_1464545053716

Teriam os humanos jogado o filhote ali? Estariam eles querendo matar o filhote ou à ele? Harambe sabia que humanos podem ser perigosos, seu instinto o fez correr levando consigo o filhote, ele o levou para um lado, os humanos seguiram, então ele levou para outro que parecia ser mais seguro. Foi então que um humano do zoológico apontou um rifle em sua direção e o matou.

Uma pessoa filmou parte do acontecido, essas imagens foram parar na televisão, internet e rodaram o mundo…o mundo inteiro e muitos ao redor do mundo viram além de um animal selvagem de aproximadamente 150kg com uma criança, viram um animal domesticado criado a vida inteira num cativeiro tentando proteger um filhote da mesma família animal que que estava ferido e que ele não seria capaz de matar.

OPINIÃO DE QUEM ENTENDE

1113014-GorillaHam-1464625100-226-640x480

A professora Gisela Kaplan, especialista em comportamento animal da Universidade de Inglaterra, afirma que o menino não corria perigo.

“Filhotes não são considerados uma ameaça” disse Kaplan, segundo ela os gorilas macho-alfa dominantes como Harambe são os protetores do grupo, o primata estava apenas estudando a nova e extranha situação.

“O gorila percebeu que o pequeno filhote era indefenso. Eles normalmente não atacam, não são uma espécie agressiva e tenho certeza que o menino não seria morto”, afirmou.

“Se ele fosse atacar haveria advertido primeiro. A primeira ação que fazem como advertência é berrar e dar socos no peito e isso em nenhum momento aconteceu”.

Se Harambe fosse um chimpanzé, que come carne, que come outros animais , assim como nós humanos,realmente o menino teria corrido risco de vida, mas os gorilas são herbívoros, eles não têm esse instinto assassino tão vivo como há em nós e nossos outros primos.

A DESCULPA

As autoridades do zoológico alegam que não usaram tranquilizantes porque o gorila poderia ficar agressivo com o disparo e como o sedativo demoraria a fazer, o gorila nervoso poderia vir a matar a criança. A verdade é que eles agiram sem pensar levados pelas pessoas que se assustaram ao ver o garoto ser arrastado pelo gorila pela água, que disseram que o gorila estava agredindo o menino. Pensaram em agir rápido e ponto.

HAVIA OUTRA OPÇÃO?

Ian Redmon, presidente do The Gorilla Organization, disse que os cuidadores tinham outras alternativas para resolver a situação:

“Quando um gorila ou outros símios estão com coisas que não devem de ter, os cuidadores negociam com eles, dão comida, oferecem suas comidas favoritas, ou algum tipo de fruta ou objeto eles que não têm e negociam com eles uma troca”, disse Redmon em uma entrevista à CNN.

GORILAS DE SORTE: CASOS QUE TIVERAM UM FINAL FELIZ

Outros casos de crianças que caíram em área de gorilas tiveram um final diferente.

Levan Merrit : salvo pelo gorila Jambo
Levan Merrit : salvo pelo gorila Jambo

Em 1986, Jambo um gorila do zoológico de nova Jersey no Reino unido foi surpreendido com a queda do garoto Levan Merrit de 5 anos caiu em sua área. O garoto ficou caído inconsciente, Jambo acariciou as costas dele e tentou ajudar. Os tratadores entraram na área e retiraram o menino.

Binti Juan salvando um filhote de humano.
Binti Juan salvando um filhote de humano.

Dez anos depois foi a vez da gorila Binti Jua do zoológico de Brookfield em Chicago, EUA, tomar um susto quando um menino de 3 anos caiu no lago da sua área. A gorila fêmea que estava criando dois filhotinhos, foi até o lago e retirou o menino desacordado da água, salvando-o de morrer afogado, depois disso ela o levou até a porta do local onde os cuidadores deixavam a sua comida e o deixou lá para que os mesmos o levassem assim como levavam seus restos de comida.

Vejam essas histórias:

http://noticias.r7.com/hora-7/em-memoria-do-gorila-harambe-cinco-momentos-em-que-animais-mostraram-que-sao-herois-31052016

AS OUTRAS VERSÕES DA HISTÓRIA

michelle-gregg-111
Michelle e o marido

Michelle, a mãe de Isaías, não diz que levantou o menino até o muro para ver o gorila, ela diz que ele simplesmente, de repente sumiu de seu campo de visão e depois quando o procurava interrogando as pessoas ao redor um homem disse estar vendo uma criança em meio a vegetação da parte de dentro da área dos gorilas.

Uma das pessoas que filmaram, uma moça – que assim como todos os que filmaram não mostraram a parte em que o gorila recebeu o tiro – disse que ouviu Isaías dizendo para a mãe que queria brincar na lagoa dos gorilas.

Na filmagem que viralizou na web ouvimos a mãe falar com Isaías tentando acalmá-lo, ela inclusive chega a dizer ao filho que o gorila é “King Kong”.

JUSTIÇA ON LINE

existe uma petição na internet no site change.org , um abaixo assinado que pede que as autoridades tomem as providências para que os pais de Isaías sejam responsabilizados por sua queda e pela morte de Harambe. Caso queiram assinar aí está:

https://www.change.org/p/cincinnati-zoo-justice-for-harambe?recruiter=550396649&utm_source=share_petition&utm_medium=facebook&utm_campaign=share_page&utm_term=des-lg-no_src-custom_msg&recuruit_context=fb_share_mention_control&fb_ref=Default

 

CONCLUSÃO

Uma mãe irresponsável que se preocupa mais em comer do que em cuidar do próprio filho, uma sociedade que transforma qualquer fatalidade em um show para publicar na internet, uma sociedade imediatista que acha que tudo se resolve com armas, que a figura do “franco atirador” , do “atirador de elite” é sempre a representação máxima do herói…essas foram as causas do assassinato cruel de Harambe.

REFLEXÃO

Fica a pergunta para a reflexão: Por que existem zoológicos? Por que nós ainda vamos a esses lugares? E os parques com shows de animais, não seriam a mesma coisa dos circos? Por que ainda vamos a esses lugares? Por que pagamos para tirar fotos com animais dopados? Por que tem quem vá para a África dar mamadeira para filhotes que dizem serem  orfãos que depois serão soltos em um parque onde praticantes de caça esportiva irão caçá-los e matá-los, o mesmo que se passou com os pais desses filhotes? Será que os gatos castrados criados confinados em apartamentos ou casas, os cães sempre no quintal ou apartamento que saem somente presos pela coleira e a guia ou de carro, não estão vivendo em situação semelhante a dos animais dos zoológicos?

Sobre o caso da garota estuprada por 33 bandidos

menina-estuprada-30

Sobre o caso da garota drogada estuprada por 33 drogados e vendedores drogas o que eu posso dizer é o seguinte:

SE A POLÍCIA DO RIO TRABALHASSE direito nada disso teria acontecido, sabe porque?

1 – Se os bandidos e drogados que participaram do estupro coletivo tivessem sido presos ou mortos pela polícia pelos seus outros crimes, eles não teriam cometido essa barbárie.

2 – Se a garota tivesse sido presa por sua associação com o tráfico de drogas, o que ela mesma revelou no Facebook publicando fotos com armas de traficantes, ela não teria sido estuprada naquela noite pelos 33 bandidos.

Os santos, os bons e perfeitos, a palmatória do mundo, acusam nós, pessoas racionais de estarmos inocentando os estupradores drogados e culpando e condenando a vítima, as drogas, o funk, a mídia ao invés de culpabilizar única e exclusivamente o machismo e a tal “cultura do estupro”.

Nós pessoas inteligentes sabemos que os grandes culpado dessa história toda é o sistema de segurança pública que é associado com a criminalidade e a cultura do “sexo, drogas e diversão” , que prega que sexo e drogas são as melhores coisas do mundo e que os jovens podem fazer o que quiserem, quando e do jeito que quiserem sem precisar arcar com as responsabilidades e nem com as consequências, quem tem que se responsabilizar são os pais e o estado.

Drogas (álcool e todas as outras)  trazem tudo o que é de ruim e exacerbam tudo o que é ruim, com drogas a agressividade se transforma em violência e uma orgia pode se transformar em barbárie, que foi o que aconteceu nesse caso.

Enquanto a sociedade continuar cultivando esse pensamento de que drogas são algo maravilhoso que traz alegria, afasta a tristeza e dá coragem, que todos tem capacidade para não se viciarem e não prejudicarem a si mesmos e aos outros, enquanto continuar a se enganar dessa forma, a violência vai só crescer, crescer cada vez mais.

Penas mais severas não vai resolver, a mulher que sofre violência também termina praticando violência com os que estão sob o jugo delas, as crianças, os idosos e outras mulheres…é um círculo vicioso que começa com o vício no sagrado e idolatrado álcool e o cigarro que abre as portas para todas as outras.

Vivemos numa sociedade viciada e uma sociedade viciada é como um viciado: desequilibrado, insano, agressivo, violento,etc, etc…

Nossa sociedade precisa de uma desintoxicação, de uma reabilitação, mas isso só vai acontecer depois de algumas epidemias de doenças, tragédias naturais e uma terceira guerra mundial que vai dizimar milhões e assim mostrar para todos que existem coisas mais importantes que “sexo, drogas e diversão”.

 

BELA, RECATADA E DO LAR COM MUITO ORGULHO!

Marcela Temer
Marcela Temer

A revista Veja publicou uma matéria sobre a mulher do vice presidente Marcela Temer, o jornalista ironizou no título usando o adjetivo com o qual a irmã de Marcela a classificou “recatada” e como a vice primeira-dama não trabalha fora e realmente é jovem e bonita ele criou o título como uma expressão dos anos 30 , 40 e 50: “BELA,RECATADA E DO LAR”. O jornalista foi claramente irônico no título e também em alguns trechos da matéria, mas os simpatizantes de esquerda e do PT, que odeiam a revista Veja considerando-a (assim como a rede Globo) um meio de comunicação de direita que persegue o governo, criaram a história absurda de que a revista com a publicação dessa matéria estava pregando que a mulher recatada e do lar era a mulher ideal e que de agora em diante as mulheres do nosso país deviam seguir esse padrão tendo Marcela Temer como exemplo. As esquerdistas começaram a postar fotos com poses ridículas exaltando o jeito puta e bêbada de ser, até aí tudo bem, foi até engraçado, a coisa piorou quando um bando de desavisadas sem nem saber a origem da coisa começaram a fazer o mesmo e assim a hashtag #belarecatadaedolar foi a modinha da semana.

Muitas garotas aproveitaram a modinha para se exibirem mostrando suas fotos mais ousadas, muitos gays aproveitaram para postarem as fotos vestidos de mulher e em poses beirando o pornográfico, os enrustidos também se realizaram postando fotos vestidos de mulher fora do carnaval, as mulheres que gostam de encher a cara postaram orgulhosas fotos com suas garrafas e copos…um festival de putaria, parecia que era uma espécie de “semana nacional de homenagem as putas”.

Foi tudo muito engraçado e divertido, o problema foi que essa gente não ficou apenas no bom humor e brincadeira e partiram para o ataque com os seus discursos de “donos da verdade absoluta” , atacando todas as pessoas que se manifestaram contra os insultos feitos a pessoa da mulher do vive presidente e todos os que se manifestaram expressando que não viram nada de imposição de padrão de comportamento na matéria da revista. Uma tempestade de discursos feministas mais inflamados e argumentos ridículos, todos quando rebatidos defendidos como escudo do vitimismo hipócrita: “queremos o debate…troca de idéias…diálogo”. Na cabeça desses extremistas aquela simples coluna de uma revista que poucos iriam saber da existência e que só ficou muito conhecida porque eles ficaram divulgando é uma ameaça, pois pode fazer com que as pessoas simpatizem com o vice presidente, uma idiotice.

E essa palhaçada toda fez com que muita gente passasse a simpatizar com a mulher do vice presidente e torcer para que ela seja em breve a primeira dama do país.

Marcela na capa da revista TPM a mais moderna das revistas femininas numa matéria mais controversa que a da Veja, mas como a TPM não é considerada "a revista do golpe" e nessa época as coisas não estavam feias para o governo Dilma.
Marcela na capa da revista TPM  numa matéria mais controversa que a da Veja, que não gerou polêmica porque TPM não é considerada “a revista do golpe” e nessa época nem se sonhava em impeachment , inclusive, os simpatizantes do PT a defendiam quando alguém sugeria que ela tinha dado “o golpe do baú no velho rico”, agora são eles que dizem isso.

O ÓDIO

Bem, em todas as manifestações ficou claro o ódio das superpoderosas contra as mulheres recatadas. A inveja das fracassadas por uma mulher que pode se dar ao luxo de ser dona de casa. Notou-se que as superpoderosas “vadias” da marcha são insanamente inseguras, por causa de uma simples e ridícula matéria de revista sentiram-se ameaçadas, imaginando que iriam perder o trono onde estão e de onde ninguém pode tirá-las.

Na revista o jornalista ironizou a situação, em nenhum momento a revista pregou que esse era o comportamento ideal para a mulher. E se tivesse sido um elogio, uma exaltação mulher recatada e do lar, qual o problema? Não é porque se elogia um comportamento que se está menosprezando o outro. As mulheres independentes financeiramente expansivas, liberadas e sensuais são a maioria absoluta, e isso já há décadas, não há motivo para se revoltarem com isso. O Dia da Mulher é dedicado a vocês, as do lar sequer são lembradas, agora nem mais no dia das mães por representarem minoria absoluta. Os ídolos são mulheres como Madonna, Angelina Jolie , etc… estão se incomodando e reagindo já estando no poder. Se o problema é a presidência, a presidenta se envolveu em crimes cabe a ela provar inocência, se fosse um presidente homem teria ocorrido o mesmo, tanto que o ex presidente também está sendo investigado por outros atos, não é a “bela, recatada e do lar” que vai tomar a presidência da “guerreira independente” é o sistema do qual ela faz parte que vai tirá-la de lá.

A MULHER IDEAL

A sociedade e toda a mídia pressionam a mulher atual a ser bela, magra, sexy, fazer sexo com homens e mulheres, beberem muita bebida alcoólica, usar drogas , ser independente financeiramente e consumista. Nenhum meio de comunicação mostraria a mulher “do lar” como mulher ideal porque isso seria contraproducente para a sociedade de consumo, para a economia. Hoje a maior parte dos lares brasileiros são sustentados financeiramente por mulheres, elas são as chefes de família.

A mídia em nenhum momento exaltou a mulher “recatada e do lar” ,  jamais mostraria a mulher recatada e do lar como exemplo porque isso seria contraproducente para a sociedade de consumo e economia, a maioria absoluta das mulheres trabalham fora , vivemos num país onde a maioria dos lares é sustentado por mulheres. Estão se incomodando exageradamente com algo pequeno e pouco significativo.

RECATO

Estão confundindo o significado da palavra RECATO com a palavra submissão. Uma mulher pode ser recatada e não ser submissa. Recato tem a ver com a forma de se vestir, atitude e comportamento sexual . Uma mulher recatada é simplesmente uma mulher que não se veste com roupas sexys e sensuais que não tem atitudes sensuais, provocativas, que não se insinua, que não usa o sexo para conseguir o que quer e que não gosta de se embriagar e usar drogas. Do lar é a dona de casa , a mulher que só trabalha em casa e nem todas são submissas a maioria inclusive é controladora e é quem decide o que é feito com o dinheiro que o marido ganha e exerce poder sobre marido e filhos. Ser Recatada é ESCOLHA , PERSONALIDADE. Cresci com a mídia e a sociedade impondo que todas tinham que ser sexys, independentes, transar com homens e mulheres (fazer menage e experimentar) , que tinha que experimentar drogas, que tinha que beber muita cerveja, vodka, cachaça, as mulheres exemplo eram Madonna, Xuxa, Carla Perez, Tiazinha, Feiticeira…feministas cobrando esse tipo de atitude, gays cobrando esse tipo de atitude, homens cobrando isso, a imagem da mulher brasileira é essa, agora um jornalista ironiza em uma coluna de revista e de repente lembram de nos infernizar de novo. A MULHER TEM O DIREITO DE SER E AGIR CONFORME A SUA PERSONALIDADE. Se não gosta de beber, fumar e andar com roupas decotadas é um direito ser assim.

DIREITO E ORGULHO

Qualquer mulher tem o DIREITO de ser RECATADA E DO LAR do mesmo jeito que a maioria das mulheres tem o seu direito escolhido ou por falta de escolha de ser profissional de qualquer área e comportamento expansivo e sensual ou prostituta, traficante, estelionatária, ladra etc, (para citar algumas das atividades que as pessoas tanto admiram em uma mulher). Assim como acho que a Dilma deve ser respeitada por ser presidenta, mulher e idosa, acho que Marcela Temer também merece ser respeitada. Não gostam do marido dela, não gostam da revista, critiquem e chacoteiem o político e a publicação. PS: não me considero bela mas sou recatada e do lar com muito orgulho.

 

8 DE MARÇO DIA DA MULHER: Parabéns mulher de verdade!

Nunca na história da humanidade foi tão difícil ser mulher. Antes sofríamos apenas nas mãos dos homens machistas e das putas, agora sofremos nas mãos das feministas e dos gays. Sim, todos esses nos exploram, nos humilham e tentam nos submetem há uma “lavagem cerebral” para alcançarem seus próprios objetivos que não nos beneficiam em nada. Nós lavamos, passamos e cozinhamos para esses grupos, cuidamos dos seus filhos, muitas vezes essas criaturas são nossos filhos e a paga que recebemos é hipocrisia e humilhação. EXISTEM FEMINISTAS QUE REALMENTE SE PREOCUPAM COM OS DIREITOS DAS MULHERES E GAYS E HOMENS QUE RESPEITAM AS MULHERES, mas aqui vou falar do lado negro da força.

A ESQUERDA DO MACHISMO

Feministas parecem que lutam pelos direitos das mulheres, elas nos rotulam como “vítimas”, “oprimidas”, ser vítima e oprimido significa ser mais fraco e estar em desvantagem, ou seja, a mesma coisa de “sexo frágil” com a qual os machistas nos rotularam.

Elas parecem mesmo lutar por direitos iguais, mas quando abrem uma empresa ou assumem um alto cargo de chefia elas pagam para as funcionárias mulheres um salário inferior ao que é pago aos funcionários homens, ou seja, dão continuidade ao que os machistas estipularam como padrão.

Elas ostentam que foi o movimento feminista que garantiu as mulheres o direito de votar (e não foi nada disso, foram os machistas que viram que seria um bom negócio dado o fato que o número de mulheres na população estava superior ao número de homens, ou seja, simples questão matemática) mas, quando elas chegam a presidência da república de uma nação elas não instituem a lei de salários iguais, coisa que um presidente da república pode fazer. Enfim, quando chegam ao poder fazem o mesmo que os homens fazem.

Elas são ativistas de direitos humanos, elas postam na internet em seus perfis, páginas, blogs e comentários fortes discursos sobre toda a opressão que as mulheres sofrem do “mundo machista”, vão para as ruas e fazem manifestações, mas… não lavam nem as próprias calcinhas…sim, as mães (ou as empregadas) são quem cuida da casa, das roupas e da comida e dos filhos delas. Quando chegam em casa, agem do mesmo jeito que elas tanto criticam nos homens, ou seja, tratam as mães e/ou empregadas da mesma forma que os machistas tratam: “Já lavou aquela roupa? Ainda não?! O que você fica fazendo o dia todo?” , “Eu trabalho o dia inteiro, você fica o dia todo dentro de casa sem fazer nada e não conseguiu fazer o que eu mandei você fazer?” , “Eu, lavar a louça? Eu trabalho o dia todo, estudo, eu tô cansada.” etc, etc… O bonito discurso de divisão de tarefas, de igualdade de de direitos fica na internet, na faculdade, na mesa do barzinho, na reunião de amigos, na rua onde rolou a manifestação, enfim, na fumaça da maconha que fumou com os amigos enquanto discutiam sobre como a sociedade é injusta com as mulheres e assim como essa fumaça se dissipou no ar e não chegou dentro de casa. Pobre mãe, tia, avó, prima, empregada…as feministas estão sempre ocupadas demais tentando mudar o mundo para arrumarem as próprias camas, cozinharem suas refeições, lavarem suas roupas, etc…assim como os machistas.

Elas apontam todos as características da crueldade dos machistas e dizem estar do lado das mulheres, agora ouse uma mulher questionar algo do que elas dizem que na mesma hora elas se tornam tão agressivas como os homens, na mesma velocidade e na mesma intensidade e já soltam o “Você é machista!” , “tá falando merda!” , “você é uma ignorante!”, enfim, nos tratam no mesmo tom agressivo e falam praticamente o mesmo que os homens machistas falam para nós, as afirmações básicas de sempre: nós somos burras, nós nunca entendemos e nem fazemos nada direito.

Muitas delas são lésbicas e bissexuais assumidas, a maior parte enrustida e a menor parte mulheres heterossexuais complexadas e traumatizadas por rejeição ou agressão que sofreram nas mãos de homens imprestáveis. Todas consideram que todos os homens heterossexuais são tiranos machistas. Quando uma mulher diz que não sente atração sexual por mulheres elas dizem que foi o machismo que enfiou esse conceito na nossa cabeça, ou seja, gostamos de homens porque o “machismo opressor” nos obrigou a ser assim, esquecem que somos animais, que existe macho e fêmea entre todos os mamíferos, família animal da qual pertencemos, tentam nos convencer que todas nós somos bissexuais; também acontece de nos acusar da tal homofobia e aí a coisa cai no ridículo completo. Elas tentam lavar nossa cabeça tentando nos convencer de que todos os homens são perversos que só vão nos trazer sofrimento, que eles não são capazes de amar e que a solução perfeita seria: é claro, amar somente as mulheres. Assim como o machismo tem origem no narcisismo exagerado que é também a raiz da homossexualidade (ama tanto a si mesmo que só pode amar quem é igual) o amor exagerado delas pelo que elas chamam de “feminino” é nada mais nada menos do que o amor por si mesmas. Detestam os homens não porque sejam mal e opressores, eles são os rivais e é preciso vencer os rivais em todos os níveis, no poder e no sexo. A única coisa em que machistas e feministas concordam, a única coisa fora o poder que eles ambicionam é o sexo a três, o famoso menáge, só que na forma de duas mulheres com um homem (é claro, dois homens seria abuso, estupro, violência contra a mulher), ambos, feministas e machistas tem a putaria em trio com duas mulheres como a fantasia principal e a pintam como a melhor experiência sexual que alguém pode viver… isso deixa nítido o quanto eles – feministas e machistas – são os dois lados da mesma moeda, a esquerda e a direita de uma mesma merda.

Elas dizem que mulheres não devem sonhar em casar e ter filhos…com homens! Não podem ter sonhos românticos com homens, não podem ler livros, assistir filmes com história de amor, acusam a Disney com seus desenhos de ter enfiado a ideia de príncipe encantado em nossa cabeça – como se os contos de fada já não existissem há séculos antes de Walt Disney ter nascido – , enfim, não podemos gostar de romance, não podemos sonhar em viver um grande amor…com homens! Se for com mulher, tudo bem. As lésbicas feministas fazem lindas cerimônias de casamento, adotam crianças ou mesmo engravidam e tudo é pintado com muito romance, com toda a maravilha da palavra AMOR. Por que homossexuais podem sonhar com casamento, com família e nós não?

MACHISMO GAY

 

As feministas não os incluem, mas eles são uma das bases mais fortes do machismo. Eles dominam o mundo da moda, são eles que determinam, que nos dizem o que devemos vestir, o tipo de cabelos que devemos usar, o peso que devemos ter. Milhões de mulheres no mundo todo se tornaram anoréxicas porque eles nos convenceram que o bonito era ser cadavérica, agora milhares de mulheres ficarão gordas e morrerão em mesas de cirurgia fazendo lipoescultura (ou de complicações dessas cirurgias) porque eles estão nos dizendo que é bonito ser “plus size” que é: a gorda sem barriga, com cintura de lipoescultura e seios de silicone.

As feministas queimaram os sutiãs e até hoje dizem que esta peça do vestuário é um símbolo da opressão machista, só que o sutiã FOI INVENTADO POR UMA MULHER. Quando dizemos isso elas argumentam (com a agressividade que lhes é peculiar)que o sutiã de hoje em dia não é como foi criado que deixou de ser uma simples vestimenta para ser um acessório de fetiche masculino. Agora vejamos, quem inventou os bojos, os arcos de metal, as alças finas demais – que não oferecem sustentação- e outros detalhes que sexualizaram a peça foram “eles”, isso pensando mais neles mesmos que necessitavam criar algo que fizesse os travesti parecerem ter seios ou os que tinham peitos pequenos parecerem terem maiores e, é claro, para ganhar muito dinheiro. Toda a história de que temos que usar salto, apertar a cintura com cintas apertar os seios para parecerem mais juntos e maiores, tudo isso foi invenção dos deles e não dos homens machistas. Os gays são uma grande força do machismo. As feministas se quisessem realmente o nosso bem e estivessem realmente do nosso lado levariam em consideração a força gay no machismo, mas enfim, eles são todos farinha do mesmo saco.

Muito comum vermos homens gays mimados vivendo às custas do dinheiro de mães velhinhas que os mimaram demais durante a infância. Muito comum também verem que eles também , em sua maioria, não dividem as tarefas domésticas com as mães e irmãs e é claro com a mesma desculpa do excesso de trabalho somado ao vitimismo, o clássico “eu sou tão discriminado” , “ninguém gosta de mim porque eu sou veado” e se alguma mulher da família reclamar que a criatura não ajuda no serviço doméstico começa o dramalhão: “ela não gosta de mim porque eu sou veado”… e na maneira de tratar a mãe e/ou empregada o tratamento é pior do que o das feministas e homens machistas “Sua imbecil, você ainda não fez a minha comida? Eu trabalho o dia inteiro, você fica o dia inteiro vagabundando e quando eu chego em casa a comida não tá pronta! Piranha inútil!”…e se uma mulher enfrenta eles, automaticamente já ganha o rótulo de “mal comida”, a explicação eles têm na ponta da língua: “falta de rôla”; e a verdade é que as únicas criaturas no mundo que sofrem a tal “falta de rôla” são eles, porque para uma mulher, por mais feia e pouco atraente que seja, por mais velha que seja, “arrumar uma rôla” não é nenhum problema, na verdade é a coisa mais fácil do mundo de se arranjar, exceto é claro, para aquelas que gostam de namorar com gays e que seguem os conselhos e dicas dos amiguinhos, essas pobrezinhas, infelizmente não só não vão encontrar homens de verdade como perdem aqueles com quem se relacionam seguindo os conselhos maquiavélicos dos “amiguinhos” .

 

BREVE HISTÓRIA DA MULHER NA HUMANIDADE

O machismo escreveu e as feministas dão continuidade ao que foi escrito, que nos primórdios da história da raça humana, na idade da pedra, os homens caçavam e as mulheres cuidavam dos filhotes, os homens puxavam as mulheres pelos cabelos para as suas cavernas e as forçavam a copular e a permanecerem vivendo com eles.

Mas a verdade é que assim como as fêmeas da maioria dos mamíferos, o mais provável é que as fêmeas viviam sozinhas, caçavam e criavam os filhos sozinhas, os homens se aproximavam, “cruzavam” com elas – as vezes na marra outras vezes com consentimento da fêmea que até fazia artimanhas para atraí-lo ou se deixava levar pelas artimanhas que o macho usava para cortejá-la – depois da cópula o macho partia e continuava vivendo sua vida solitária procurando sempre outra fêmea e a fêmea ficava grávida e criava o filhote sozinha. Um belo dia, talvez por observar outros animais que formavam casal, a fêmea humana cansada do serviço pesado de sozinha, caçar e cuidar dos filhotes  – cada um de um pai diferente –  observando também que os machos levavam vantagem na caça por terem mais força física, mais altura e serem mais agressivos, a fêmea humana resolveu propor um acordo com o macho: ela cruzaria com ele sempre, toda hora, todas as vezes que ele quisesse, somente com ele, em troca ele caçaria para ela que ficaria na caverna apenas cuidando do filhote e preparando o ambiente para que ele tivesse o maior conforto possível. O macho humano achou um bom negócio e foi feito o CONSÓRCIO e assim surgiu a instituição mais significativa que se tem história, essa instituição se chama: FAMÍLIA.

Nada de novo sob o sol, não foi algo como descobrir o fogo ou inventar a roda, porque os macacos já tinham algo parecido, mas a família humana era mais sofisticada, a mulher criou regras como: o macho não podia cruzar com as filhas, outras fêmeas – um harém – só seriam aceitas caso houvesse muita fartura e não faltasse comida e nem atenção para nenhuma delas, ou seja, todas comessem bem e os filhotes delas também, é claro.

A coisa funcionou bem até que na sociedade moderna os machos se tornaram escravos dos vícios. Todos os machos de todas espécies animais são mais agressivos que as fêmeas, só que somente o macho humano se droga e as drogas potencializam a sua agressividade. O vício também leva a dificuldades financeiras isso traz estresse que também aumenta as reações agressivas e tudo isso leva a violência e as mulheres e as crianças são os que não possuem força física o suficiente para se defender. Em resumo, a violência contra a mulher é algo além do machismo.

Os homens foram fazer guerra, muitos morreram e outros ficaram mutilados e doentes e as fêmeas humanas tiveram que voltar aos primórdios, tiveram que voltar a caçar, bom o resto da história já sabemos como ficou.

Hoje em dia as fêmeas sustentam os homens viciados que as agridem, os filhos mimados viciados ou afeminados (ou os dois) cada um de um pai diferente, as filhas que engravidam ainda adolescentes e não lavam nem as próprias roupas, nem fazem a comida igual aos rapazes e também os netos, crianças insuportáveis que querem tudo o que aparece na TV… infelizmente estão em pior situação que na idade da pedra.

PARABÉNS AS MULHERES DE VERDADE

Nesse dia das mulheres quero parabenizar você, mulher heterossexual que gosta de homem, que não sustenta vagabundo, que sabe que uma mulher pode escolher não se casar com um alcoólatra, ou com um drogado ou com um bandido ou um sujeito que seja as três coisas e que a mulher que decide ficar com um sujeito como esse vai apanhar mesmo e se beber muito e se drogar também vai apanhar mais ainda; você que sabe que mesmo que seja instituída a pena de morte para estupradores NÃO DEIXARÁ DE EXISTIR ESTUPRADORES, você que sabe que se vestir com roupas curtas e provocantes chama a atenção dos maníacos e que beber demais facilita o assedio deles, você que sabe que as vezes parecemos extremamente submissas , mas na verdade estamos num bom acordo com nossos companheiros, que as vezes algumas de nós parecemos estarmos sendo controladas mas somos nós que estamos no controle da situação, parabéns para você que sonha em se casar e ter filhos, para você que gosta de histórias de amor, para você que gosta de cor-de-rosa, para você que gosta do seu trabalho, da sua profissão e também pra você que é dona de casa, para você que pensa por conta própria…enfim, parabéns para você mulher de verdade!