MULHERES DE ELEVADO POTENCIAL

Se você que está lendo este post for mulher faça a si mesma as seguintes perguntas:

 

Você sempre se sentiu um pouco diferente ou especial?

 

Já se sentiu frustrada com os limites que a cultura e as pessoas lhe impuseram?

 

Você  sente que às vezes os homens se sentem intimados em sua presença?

 

Você às vezes acha que seus sentimentos vão mais fundo que os dos outros?

 

Você é uma mulher de mente extremamente ativa, capaz de reter, compreender e processar muitas informações ao mesmo tempo?

 

Você sintetiza eventos e pensamentos em formas mais simples que possa repartir com os outros?

 

Você tem expectativas elevadas de si e de outros?

 

Seus pensamentos e filosofia de vida tão originais?

 

Se você respondeu sim a mais de uma dessas perguntas você provavelmente é uma mulher de elevado potencial. Talvez se preocupe se está sendo egoista ou pretenciosa. Não está.

Outras pessoas podem usar a palavra “talentosa”( ou “dotada” ou ainda “brilhante”) e talvez você tenha sido uma criança talentosa( super-dotada ou brilhante). “Talentosa”, no entanto, não é um termo amplo o suficiente para conter o nível de emoção, criatividade e percepção consciente incluído nesta definição de elevado potencial.

Ser uma mulher de elevado potencial pode ser uma fonte de depressão. Se você é assim,deve ir um passo além em termos de seu senso de valor pessoal. Sua consciência e sua sensibilidade irão levá-la a enfrentar mais do que a justa parcela de dor. Você é uma mulher que sabe. Seja pela inteligência, pela energia, pela sensibilidade, você vê e sente mais que a maioria. É difícil fingir que você é menos do que você é.

Ser uma mulher complica sua elevada conscientização. Você pode sentir, ver e pensar a respeito de muitas possibilidades, mas vive numa cultura que irá tentar tampar sua visão e limitá-la, uma cultura que fica incomodada com seu poder. As pessoas podem senti-lo em seu interior, e talvez reajam de uma forma competitiva.

Os homens que a amam podem afastar-se por causa da força que sentem vir do seu íntimo. Existem muito mais barreiras criadas por nossa cultura para tentar deter as mulheres brilhantes do que para tentar o mesmo com relação aos homens brilhantes. As barreiras a que me refiro estão presentes no momento do nascimento, durante a infância, na fase adulta, no íntimo de cada uma. Você precisa saber o que a faz hesitar e precisa sentir e ser tudo o que é.

Em si mesmo o termo “potencial” é ambivalente. Quando é que o potencial se torna realidade? Se você teve um potencial (talento) peculiar quando criança, quais são os limites? Quando você o pôs em forma concreta? Se agora você esta com 40 anos, já chegou a viver o máximo de suas possibilidades? E possível, em algum ponto de sua vida, dizer: “Não sou mais uma pessoa talentosa…não estou vivendo na prática a promessa que havia em mim.”

Mulheres de elevado potencial precisam sentirem-se desafiadas, ter oportunidades para desenvolver sua visão. São muito curiosas, têm muitos interesses e são persistentes em sua direção no sentido de uma meta. Podem fazer muitas coisas e, por isso tem dificuldade para escolher o que fazer com suas vidas.

A confusão e a rejeição que você sente durante seu período de crescimento até se tornar uma mulher plenamente emancipada são difíceis e podem afetar a sua auto-estima.

O que fazer? Veja no próximo Post.

 

Fonte: “Women and the Blues: Passions that hurt, passions that heal” by Jennifer James

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s