Eu não mereço e não quero ser estuprada

Esses dias atrás algumas pessoas me perguntaram porque eu não postei uma foto sem a parte de cima da roupa com um cartaz escrito “EU NÃO MEREÇO SER ESTUPRADA” como centenas de mulheres do país inteiro fizeram aderindo à uma campanha de protesto contra o resultado de uma recente pesquisa do IPEA. Bom, eu respondi: “Não vou fazer isso porque não quero que os punheteiros e os maníacos sexuais fiquem fantasiando com o que vai estar atrás do cartaz”.

Centenas de homens ficaram imaginando o tamanho dos seios das internautas que postaram essas fotos tirando como medida o tamanho dos cartazes… trabalhadores honestos, pais de família… o que estava escrito no cartaz não tinha a menor importância o importante era o tamanho do papel… da boca… dos cabelos… As fotos das mulheres mais bonitas foram as mais compartilhadas e divulgadas.

Eu sinceramente não confio cegamente na pesquisa do IPEA, não acredito que as pessoas interrogadas pelos pesquisadores tenham respondido que mulheres que usam roupas sensuais e tem comportamento ousado mereçam ser estupradas, acredito que as pessoas responderam que elas chamam mais a atenção dos maníacos.

NENHUMA MULHER MERECE SER ESTUPRADA, TODA MULHER TEM O DIREITO DE SE VESTIR E AGIR COMO QUISER  mas…

Por que o ser humano começou a usar roupas? Por que os pelos caíram? Aborígenes e índios são a prova que esse não foi o motivo. Então, por que, para quê? Para proteger a pele do sol, do frio, das picadas dos insetos, do contato com a vegetação e com a pele dos outros indivíduos… Por que resolveu vestir os pés? Também para a proteção contra picadas e mordidas de animais, ferimentos causados por pedras, etc…

ROUPA = PROTEÇÃO

Esses são os motivos práticos, mas existe um que vai mais além: a privacidade. Sim, isso mesmo, não expor o corpo aos olhares dos outros indivíduos é manter a privacidade e também a individualidade. Naquele calor infernal do deserto, os beduínos se vestem com aqueles trajes pesados que cobrem todo o corpo. Por que? Para proteger a pele do sol, do calor, da areia e dos insetos. Ninguém em sã consciência entra num apiário (local de criação de abelhas) e mexe numa colméia sem aquela roupa especial para se proteger. Insetos nunca deixarão de existir e continuaremos encontrando eles por toda parte e em alguns lugares eles estarão em mais quantidade que em outros e em muitas vezes nenhum tipo de repelente ou veneno funciona e a única coisa que podemos fazer para proteger a pele das picadas deles é cobrindo-nos quase que completamente com roupas.

Os maníacos sexuais são como os insetos, eles NUNCA DEIXARÃO de existir e estarão em toda a parte. Leis mais rígidas, maior policiamento, mulheres armadas ou com treinamento em técnicas de defesa pessoal, melhor educação, distribuição de renda… nada disso vai acabar, nem impedir que os maníacos sexuais ataquem mulheres. Eles vão atacar e pronto e embora eles também ataquem mulheres que se vestem com roupas mais discretas, quem mais atrai a atenção deles são as vestidas com roupas mais curtas ou justas ou transparentes, enfim, roupas que marcam os contornos do corpo e também aquelas que além de vestirem esse tipo de vestimenta tem atitudes mais atraentes no sentido do charme e sensualidade.

Não sou feminista, sinceramente acho que esse movimento foi criado por lésbicas que transformaram a sua amargura e revolta por serem consideradas pela sociedade como seres anormais, numa coisa tão forte e maléfica quanto o próprio machismo  se aproveitando da fragilidade de mulheres feridas e exploradas pelos machistas. Mulheres feministas não querem igualdade de direitos com os homens, querem o lugar deles, o comando. Aliás, essa intenção de assumir o poder disfarçada de intenções de igualdade de direitos é força motriz de movimentos raciais e sistemas políticos como comunismo e socialismo que resultam sempre em regimes totalitários que geram muito mais separatismo, discriminação e violência.

A mídia nos bombardeia todos os dias com a sensualidade porque sexo vende!  Maníacos gastam muito com tudo o que lembre sexo, eles são um público alvo importante, lucrativo. Novos maníacos surgem a cada dia e eles são de diversos tipos, uns praticamente inofensivos e outros extremamente perigosos e violentos.

Não dá pra saber quando esbarraremos em um deles. Mas quanto mais gente há em um determinado local, maior o número de maníacos que existem nesse local, é muito simples: mais gente = mais maníacos menos gente = menos maníacos.

Eu não mereço ser estuprada, tenho o direito de me vestir como eu quiser, mas para me proteger dos olhares das escórias, dos maníacos,  prefiro usar roupas mais discretas. Deixo para usar as roupas que me deixam mais “atraente” em situações especiais, quando não tenho que ir para locais onde além de encontrar muita gente vou ter que travar contato físico muito próximo com elas (ônibus, metrô, shows, aglomerações, etc). Tenho absoluta consciência que isso não irá impedir que se algum dia um maníaco ficar obcecado por mim, ele venha a me estuprar mas, ainda assim opto por ter a roupa como uma aliada na minha proteção… é melhor prevenir do que remediar.

campanha merece

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s