ERVA ADORADA, IDOLATRADA, SALVE, SALVE!

Várias pessoas me escreveram pedindo que eu desse a minha opinião sobre a polêmica questão da legalização da maconha. Então vamos, lá, primeiro vamos amaciar a carne pra depois bater:

Como cidadã eu acho que a questão deveria ser decidida com um plebiscito, assim como foi no caso das armas. O povo é quem tem que decidir isso, tem que ir as urnas e votar.

Nos últimos dias tenho ouvido um discurso chato daqueles que são a favor da legalização, aquele papo de: “O álcool, os remédios como Prozac, Rivotril, etc e até o café também são drogas e são legalizadas…”

Eu escuto calada enquanto penso: “Olha como essas merdas (maconha, cigarro, álcool, cigarros, etc) corroem a mente da pessoa, a criatura nem percebe que está diante de uma pessoa abstêmia que sequer toma café!”

EU NÃO BEBO BEBIDAS ALCOÓLICAS, NÃO FUMO NENHUMA ESPÉCIE DE FUMO, NÃO FUMO MACONHA, NÃO TOMO REMÉDIOS PSICOTRÓPICOS (Diazepam, Prozac, Rivotril, etc) e NÃO TOMO CAFÉ.

Qualquer pessoa com o mínimo de inteligência sabe que se dependesse de pessoas como eu TODAS AS DROGAS SERIAM PROIBIDAS, todas, sem exceção.

Lembro de uma vez que um amigo, para tentar me convencer a refletir a favor da legalização disse: “Sou a favor, porque não quero ver os meus amigos serem presos por tão pouca coisa.” Nas imediações da minha casa existem vários pontos de venda de drogas, vários usuários usam drogas livremente, tranquilamente, nas ruas e a polícia não prende ninguém. Pra mim essa história de usuário de drogas ser preso parece coisa que só acontece no estrangeiro ou com gente muito rica. Enfim, se pessoas do meu conhecimento ou familiares forem presas por estarem com a santa erva ou outras drogas ilegais, não é problema meu, é deles. Sou uma pessoa má que não se importa com os outros? Foi assim que fui julgada e rotulada.  É isso aí, os usuários de drogas e simpatizantes podem julgar, rotular e discriminar, mas não podem ser julgados, porque aí é preconceito…esse é o nosso mundo cão.

É claro que a minha ojeriza por todas espécies de drogas tem explicação: venho de uma família de alcoólatras e drogados, ops “dependentes químicos”, vi e ainda vejo de perto todos os malefícios das drogas legais e ilegais.

Só me resta torcer para que as autoridades e as pessoas conscientes optem pelo plebiscito, para que pelo menos a questão seja decidida de forma democrática e justa.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s