LEONERA

Leonera é o nome que se dá para o local aonde se deixam presos os leões, em especial as leoas quando está prenha ou amamentando filhotes. E esse é o nome de um filme Argentino com o nosso Rodrigo Santoro que vale a pena ver.

Martina Gúsman que interpreta a protagonista além de ser produtora executiva do filme e esposa do diretor Pablo Trapero
Martina Gúsman que interpreta a protagonista além de ser produtora executiva do filme e esposa do diretor Pablo Trapero

Leonera é mais uma prova do quanto o cinema argentino é bom. Esse filme tinha tudo para ser um filme chato, arrastado, sem pé nem cabeça e com atuações ruins como o nosso “Céu de Sueli”, até porque também mostra a história de uma jovem desajuizada que se deixa levar pela vida e paga caro por isso, sofrendo com as consequências, mas para a nossa surpresa o filme é bom. Sem as frescuras de “narrativa não-linear” , “quebra da trajetória do herói”, “desconstrução” e outras invencionices tão na moda hoje em dia junto com inovações malabarísticas de câmera,fotografia e montagem, o filme conta a história, uma história real, (no sentido que é algo que acontece na nossa realidade) e conta de forma simples eficiente, porém envolvente. Não é nenhuma obra prima, mas vale a pena ver e observar como se pode manter coisas básicas como a trajetória do herói num filme “moderno” e ter um excelente resultado.

A HISTÓRIA

Uma jovem acorda em meio a sangue e por viver entorpecida, sai de casa e segue sua rotina normal, somente se dando conta de que há algo de muito errado quando volta no final do dia para casa e se surpreende ao encontrar na cozinha de seu apartamento, seu ex-namorado degolado e o amante dele também ferido, agonizante. Ela vai presa e como está grávida é mandada para um ala especial em um presídio feminino onde ficam presas grávidas e com filhos de até 4 anos de idade. É então que se dá uma série de acontecimentos que fazem com que a jovem adquira personalidade e uma razão para viver.

Galã multilingue

Rodrigo Santoro surpreende falando o “castellano porteño” muito bem e em mais uma excelente interpretação, uma das melhores do filme.

Leonera, Argentina, 2008

Direção: Pablo Trapero

1h 53min

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s